Menino da Bahia

glayson_sss

Ou quase. Com uma cor de chocolate 70% de cacau e com as cores do Olodum na cabeça, o arte-educador Glayson de Souza, 24, até parece um legítimo soteropolitano. Mas apesar de estar confortavelmente sentado aos pés da Igreja do Paço, era sua primeira vez na Bahia – e seu primeiro dia no Centro Histórico. “Chegamos segunda, viemos assistir o show de Ivete. Ficamos lá pelo Jardim  de Alah”, contou empolgado. Os dreads que tinha acabado de fazer gritavam por uma olhadinha. “É de família isso de andar e chamar a atenção, gostar de ser diferente, se vestir sem ligar”.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s